sexta-feira, 22 de abril de 2016

Dia da Terra: Google mostra a beleza do planeta em Doodles aleatórios



Para celebrar o Dia da Terra, o Google resolveu trazer diversos Doodles em um único dia que representem todos os biomas do planeta terra, neste dia 22 de Abril que é comemorado o Dia da Terra.


“A vastidão da diversidade da Terra faz com que seja um tema intimidante, mas no final eu escolhemos para destacar os cinco principais biomas da Terra: os recifes de tundra, florestas ,pradarias, deserto, e o coral. Em cada ilustração, você vai encontrar um animal que tem sido apontado por seus 15 minutos de fama. Cada vez que você visitar Google.com , você vai receber aleatoriamente um dos cinco doodles. Mantenha-se refrescante para admirar um lado diferente de imensa beleza da Terra.”

“Os cientistas estimam a idade da Terra em mais de 4,5 bilhões anos, mas o seu dia só existia para 46. Dia da Terra inspira a todos nós para apreciar a nossa grande esfera azul e verde com eventos grandes e pequenos, que vão desde caminhadas da família por toda a cidade, a iniciativas de reciclagem.”

“É um dia para refletir. Pessoalmente, estou admirado com a persistência da natureza e sua criatividade. Nosso planeta – com o seu calor alternativo escaldante e frio intenso, os seus picos irregulares e valas profundas – pode nem sempre ser gentil com seus habitantes. No entanto, de alguma forma, a flora e a fauna da Terra conseguem prosperar. Em um dia como este, nos faz lembrar e celebrar a nossa casa, neste grande e deslumbrante ecossistema.”

“Vivemos em um belo planeta , e é o único que temos. Feliz Dia da Terra!” – finaliza o Google ao anunciar o Doodle em sua página oficial.
O Dia da Terra

O Dia da Terra, oficialmente conhecido como Dia Internacional da Mãe Terra, é uma data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2009 para marcar a responsabilidade coletiva para promover a harmonia com a natureza e a Terra e alcançar um balanço entre economia, sociedade e ambiente.

Continue lendo >>

terça-feira, 12 de abril de 2016

Plásticos são os principais predadores dos oceanos, mostra relatório


Sob a forma de garrafas, sacos ou tampas, os plásticos são os principais predadores dos oceanos, mostra a organização Surfrider em relatório divulgado nesta terça-feira (12) sobre a poluição em cinco regiões da França e Espanha.

Com a ajuda de centenas de voluntários, a organização não governamental realizou em 2015 o primeiro censo de resíduos que poluem as praias, a orla costeira e os fundos marinhos, no âmbito de uma iniciativa que visa a recolher e analisar os dados na Europa.

“Todos os dias, 8 milhões de toneladas de lixo acabam no oceano. Oitenta por cento da poluição que afeta os nossos mares são de origem terrestre e resultam da atividade humana, com repercussões terríveis na biodiversidade e na globalidade do ambiente”, destaca o presidente da Surfrider Foundation Europe, Gilles Asenjo, em comunicado.

O plástico constitui “mais de 80%” do lixo na maior parte dos cinco locais analisados, observa a organização.

Na praia de Burumendi, em Mutriku (Espanha), por exemplo, 96,6% dos resíduos são de plástico e de poliestireno, que representam 94,5% dos 10.884 resíduos recolhidos na praia de La Barre, em Anglet, nos Pireneus atlânticos.

O plástico e o poliestireno também foram encontrados em massa na praia de Porsmilin, em Locmaria-Plouzané, em Finisterra (Espanha), com peso de 83,3% do total de 2.945 resíduos recolhidos no decorrer das quatro campanhas de levantamento de materiais.

Na praia de Murguita em San Sebastian (Espanha), o plástico e o poliestireno representaram 61% dos materiais recolhidos, dos quais 18% são vidro.

O vidro predomina, aliás, na praia de Inpernupe, em Zumaia (Espanha), representando quase metade (47,9%), contra o peso de 29,1% do plásticos e poliestireno.

Além dos materiais de plástico, os voluntários recolheram, nos diferentes locais, cordas, redes, cigarros, embalagens de alimentos, tampas, cápsulas, garrafas de vidro e até mesmo resíduos sanitários.

Para cada local, a Surfrider fez uma lista dos principais resíduos recolhidos.

“Nesta altura, são as primeiras indicações que nos dão uma percepção geral das estatísticas europeias”, disse Asenjo, acrescentando que, da Grã-Bretanha ao País Basco, os resíduos plásticos são claramente os principais predadores do oceano”, porque “levam centenas de anos para desaparecer”, ao contrário de outros materiais como a madeira ou o cartão.

“Quando eles não estão aos nossos pés na praia, são ingeridos pelos animais marinhos, que sufocam, para não falar das substâncias tóxicas que libertam e nas quais nos banhamos, e de sua possível integração na cadeia alimentar".

Fonte: NE 10

Continue lendo >>

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Microcefalia: SUS vai oferecer estimulação precoce para desenvolvimento infantil



Portaria do Ministério da Saúde publicada nesta segunda-feira (11) no Diário Oficial da União inclui a estimulação precoce para desenvolvimento neuropsicomotor de crianças nos procedimentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o texto, a decisão teve como base o Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia e o documento Diretrizes de Estimulação Precoce, dirigido a profissionais da atenção básica e da atenção especializada.

Ainda segundo a portaria, o procedimento, na rede pública, será destinado a crianças de até 3 anos de idade com diagnóstico de retardo mental leve, moderado, grave ou profundo; autismo; síndrome de Rett; síndrome de Asperger; e paralisia cerebral, entre outros.

A incorporação da estimulação precoce para desenvolvimento neuropsicomotor na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS entra em vigor hoje, com efeitos operacionais a partir da competência seguinte à publicação do texto.

Fonte: Folha de PE

Continue lendo >>

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

O que é a síndrome de Munchausen?



 
Mentira pra médico ouvir

Pessoas com essa síndrome fingem estar doentes para serem internadas ou até operadas. Mesmo sem sentirem nada, insistem que têm uma dor aqui, outra ali... Na verdade, há um problema, só que ele não é físico. Elas mentem para receber atenção e compaixão

Carente profissional

Não há consenso sobre a causa, mas a síndrome costuma estar associada a abusos na infância, problemas de autoestima e distúrbios de personalidade. Quem sofre desse mal pode ter problemas físicos reais, causados por procedimentos clínicos desnecessários, e até morrer

Coisa de macho

O transtorno é mais comum entre homens, mas também acomete mulheres. Uma variante comum é a síndrome de Munchausen por procuração, na qual mães, geralmente jovens, fingem que o filho está doente. Como a vítima é a criança, o caso pode ser tratado pela Justiça como abuso infantil

Atores aplicados

Vítimas da síndrome costumam pesquisar sobre as doenças e mudar sempre de hospital. Como o médico precisa de um histórico minucioso para confirmar o problema, o diagnóstico é complicado. Dependendo do país, o "mentiroso" pode receber tratamento ou ser processado legalmente. O inglês William McIlroy fez 400 operações em 100 hospitais diferentes. Morto em 1983, aos 74 anos, entrou para o Guinness como o caso mais extremo da síndrome

Militar e pescador

A síndrome foi descrita pela primeira vez em 1951, pelo médico inglês Richard Asher. Ele "homenageou" o barão alemão Carl Friedrich von Münchhausen (com um H a mais), famoso por exagerar seus feitos no Exército russo no século 18. Recontadas por outras pessoas, suas peripécias foram aumentando e viraram livro em 1785.

Fonte: Mundo Estranho

Continue lendo >>